14 de abril de 2024

FAZER AQUI

Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Dificuldade de deglutição pode causar desnutrição e pneumonia, alerta HSPE

2 min read





Disfagia pode ter diferentes causas, entre elas neurológicas, mecânicas, por efeito colateral de medicamentos e devido ao envelhecimento



A disfagia, condição pouco conhecida, é uma alteração na deglutição que pode ocorrer com maior frequência em idosos e bebês. Tamanho o risco da dificuldade em passar o alimento da boca ao esôfago para seguir ao estômago, que a síndrome pode causar desnutrição, desidratação, pneumonia por aspiração e até levar à morte do paciente.

Os sintomas comuns são engasgos, tosse após as refeições, dor ao engolir, dificuldade ou lentidão em se alimentar e sensação de alimento parado na garganta.

A disfagia pode ter diferentes causas, entre elas neurológicas, mecânicas (alterações nas estruturas), por efeito colateral de medicamentos e devido ao envelhecimento.

Cerca de 25% dos idosos ativos, saudáveis e independentes já apresentam algum sintoma de alteração na deglutição, como dificuldade para engolir comprimidos, engasgos com saliva e líquidos, segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia,

A médica otorrinolaringologista do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) Maria Dantas Godoy explica que o diagnóstico inicial, normalmente, é feito por otorrinos. “Nós averiguamos a parte inicial do trato digestivo, começando pela garganta, e, para fechar o diagnóstico, além da anamnese, são solicitados exames para que o tratamento adequado seja indicado o mais breve possível, já que a dificuldade da deglutição pode gerar perda de peso e infecções”, explica.

O tratamento começa após o diagnóstico e pode ter estimulação da musculatura, para promover mastigação mais lenta, bem como tratamento fonoterápico que tem por objetivo proteger a parte respiratória, como traqueia, brônquios e pulmão, com exercícios vocais.

A condição em recém-nascidos pode diminuir a expectativa de vida. Normalmente, a disfagia ocorre em bebês prematuros em que a parte neurológica não está maturada ainda.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *