18 de abril de 2024

FAZER AQUI

Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Prefeitura decreta ponto facultativo nas repartições públicas em função da previsão de chuva intensa – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

2 min read

Prefeitura decretou ponto facultativo nesta sexta-feira – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais nesta sexta-feira (22/3) em função da previsão de chuva forte na cidade nos próximos dias. Serviços essenciais seguem funcionando 24h. De acordo com o Sistema Alerta Rio, entre o fim da noite desta quinta-feira e a tarde de sábado (23/3), a aproximação e a passagem de uma frente fria vão deixar o tempo instável na capital. A possibilidade é de pancadas de chuva moderada a muito forte, acompanhada de raios e rajadas de vento moderado a forte (até 75,9 km/h).

A chuva poderá passar de 40mm por hora e 200mm em 24 horas. A média em março, segundo a série histórica, é de 124,7mm. O ponto facultativo contempla servidores de áreas administrativas não essenciais, escolas municipais, e tem como objetivo evitar deslocamentos durante o evento chuvoso.

O prefeito Eduardo Paes também orientou a iniciativa privada para que não haja expediente nesta sexta.

– O ideal é que as escolas particulares não funcionem. As empresas que não tenham serviços essenciais também orientamos que parem. É ideal  termos a cidade esvaziada. Vamos observar como será esta madrugada, ms é provável que a chuva deva começar ao longo da tarde. E nesse momento seria importante termos pouco movimento na cidade

Mais cedo, a Prefeitura do Rio apresentou as medidas a serem adotadas e o efetivo que será utilizado pelo município em ações de resposta, em função da previsão de elevado acumulado de chuva para a cidade nos próximos dias. Ao todo, 9,3 mil servidores estarão envolvidos na operação, incluindo equipes dos seguintes órgãos: Comlurb, secretarias de Conservação e de Ordem Pública, Centro de Operações Rio, Rio Águas, Defesa Civil, Sistema Alerta Rio, Fundação Georio, Guarda Municipal e CET-Rio.

– A rua a gente limpa, bem material recupera depois, mas o importante é sair desse suposto momento de crise mais aguda, que possamos sair com vidas preservadas e que serviço público trabalhe de forma adequada apenas com as equipes essenciais e os órgãos de resposta – disse o prefeito.

Categoria:

  • 22 de março de 2024
  • Marcações: chuva ponto facultativo Prefeitura do Rio repartição pública temporal

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *