29 de maio de 2024

FAZER AQUI

Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Dia da Escola: conheça unidades estaduais que se destacam em São Paulo

4 min read

São Paulo comemora o Dia da Escola nesta sexta-feira (15) com a marca de maior rede de ensino do país. São mais de 5.000 escolas autônomas e vinculadas, onde aproximadamente 3,2 milhões de alunos ganham ferramentas para evoluir e construir um mundo melhor. Entre janeiro de 2023 e fevereiro deste ano, o Governo de São Paulo investiu mais de R$ 800 milhões na reforma de 951 unidades escolares.

“Temos feito várias melhorias nas escolas, tanto na grade curricular, por exemplo, colocando educação financeira, empreendedorismo, oratória e liderança como disciplinas que o estudante vai usar na vida, quanto na parte de infraestrutura. São milhares de obras e reformas para tornar nossas escolas cada vez melhores”, destaca o secretário de Educação do Estado de São Paulo, Renato Feder.

O dia 15 de março marca a inauguração da primeira escola no Brasil, em 1549, em Salvador (BA), fundada por jesuítas. Para celebrar a data, conheça cinco escolas que se destacam na rede estadual de educação de São Paulo.

Alto índice de alfabetização escolar

Alunos da Escola Estadual Professor Paulo Monte Serrat, participam da Fluência Leitora

A Escola Estadual Professor Paulo Monte Serrat, na zona leste de São Paulo, é dona de um dos melhores índices de alfabetização escolar do estado, com quase 80% de alunos leitores, segundo a Avaliação de Fluência Leitora em 2023. A prova é destinada aos estudantes do 2° ano do Ensino Fundamental e analisa o desempenho individual das crianças.

A unidade se tornou referência na alfabetização incentivando os alunos com leituras compartilhadas entre os colegas. A escola criou ainda uma área externa para leitura durante os intervalos e propôs projetos com o uso de jornais.

Os professores também fazem parte desse resultado. Eles iniciam as aulas com uma leitura rápida e, em seguida, convidam os estudantes para brincadeiras que envolvam os livros. Uma delas é o projeto em que os alunos sorteiam o nome do próximo livro que devem ler em um baú ou podem estourar balões e também encontrar as indicações de leitura.

Recorde de aprovações no Provão Paulista

Alunas aprovadas no Provão Paulista

A Escola Estadual Professor Alberto Salotti, localizada na zona sul, é a instituição na capital com mais aprovações do Provão Paulista Seriado, programa de avaliação da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo que oferece chance aos alunos da rede pública ingressarem em instituições públicas paulistas de ensino superior.

A instituição da Vila São José incentivou os alunos durante todo o processo de preparação para a prova e garantiu 14 aprovações na primeira chamada do Provão Paulista. A escola também alcançou dois recordes, o primeiro pelo maior número de alunos ingressados no ensino superior e o segundo por ser a unidade de ensino da capital com mais aprovações na USP, com seis aprovados.

Educação inclusiva

Escola Estadual Prof. Alzira Valle Rolemberg – Escola com Jardim sensorial

A educação inclusiva faz parte dos pilares da Escola Estadual Prof. Alzira Valle Rolemberg, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, que possui um jardim sensorial de autorregulação para alunos autistas. O espaço conta com um lago artificial equipado com uma cascata e um pergolado que cultiva plantas em conjunto com as crianças, trabalhando a coordenação motora e estímulos sensoriais.

O jardim beneficia mais de 30 alunos com TEA, deficiência intelectual, deficiência auditiva, deficiência física e deficiência múltipla. A estrutura também é usada por professores e estudantes da instituição em aulas expositivas comuns, explorando o contato com a natureza e atividades multidisciplinares.

Escola reconstruída de São Sebastião

Escola Plínio Golçalves, de São Sebastião

A Escola Plínio Gonçalves de Oliveira, em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, foi parcialmente destruída durante as chuvas intensas em fevereiro de 2023. Depois de oito meses, a unidade foi reinaugurada com um novo projeto inovador de estruturas modulares.

Com investimento de R$ 13,1 milhões, o projeto reconstruiu 12 salas de aula com estrutura arquitetônica tecnológica e sustentável, quatro laboratórios — de culinária, biologia, química e tecnologia da informação —, cozinha, refeitório, banheiros e vestiários de alvenaria, além de uma quadra poliesportiva que será entregue em julho.

O complexo escolar é alimentado por energia solar e conta com lousas digitais, iluminação adaptável, recursos de acessibilidade e um ambiente colorido e acolhedor para a nova instituição.

Escola com sala de aula externa

Sala externa na Escola Coronel Antonio Paiva Sampaio

A Escola Estadual Coronel Antônio Paiva de Sampaio, em Osasco, é equipada com uma sala de aula externa para práticas experimentais, aulas expositivas comuns e aulas mediadas por tecnologia para os alunos.

O espaço ao ar livre possui estruturas de bancos e mesas em alvenaria, uma lousa de apoio e conexão com internet para atender os alunos do Ensino Fundamental e Médio.

A sala é utilizada por todos os alunos e fica localizada na área de convivência, com luminosidade natural durante o dia e luzes de led no período da noite, além do palco disponível para projetos de incentivo ao estudo e convivência escolar dos alunos.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *