14 de abril de 2024

FAZER AQUI

Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

seis mulheres que têm o Detran-MS na sua história de transformação e conquistas – Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

6 min read

O Dia Internacional da Mulher relembra a luta das mulheres pela igualdade e independência. Houve um tempo em que ter uma filha menina representava educá-la para casar, ter filhos e saber cuidar de uma casa. Porém, as gerações atuais, já conseguem visualizar o cenário de mulheres que ocupam posições de destaque em ambientes igualitários. 

No Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) o quadro de servidores conta com 897 pessoas, entre efetivos e comissionados. Desse total, 49,9% são mulheres. A maioria delas, 228, estão em Campo Grande. Na estrutura organizacional, o mesmo se repete. De seis diretorias, três são ocupadas por mulheres: Diretoria de Veículos, Diretoria de Educação de Trânsito, e Diretoria de Engenharia. 

Neste 8 de março, fizemos um resumo da história de seis mulheres, que representam as conquistas de tantas outras que em algum momento da vida, tiveram suas histórias entrelaçadas ao Detran-MS. 

Diretoria de Educação de Trânsito

Apaixonada pela educação, Andrea Moringo, começou a cursar pedagogia em 1998, e faltando um ano para se formar, deu uma pausa nos estudos para se dedicar aos cuidados com a filha Mariana.  Voltar a universidade foi difícil, pois o amor pela maternidade  transbordava. Ainda assim, se formou em 2004, iniciou uma pós graduação e começou a estudar para concurso.

“Deixava minha filha na escola a tarde e estudava em casa e no cursinho a noite e aos finais de semana, até que consegui ser aprovada e ingressar na carreira de gestora de educação e segurança para o trânsito. Ao me apresentar no RH do Detran, fui lotada no Centro de Educação Infantil, onde trabalhei de 2006 a 2012, como professora e depois coordenadora do Centro de Educação Infantil. Foi um período muito feliz, fazendo o que eu já tinha prática e muito amor por cada criança que ali frequentava. Em 2012 passei a integrar a equipe da Diretoria de Educação, no setor de cursos. Período de muito aprendizado e desafios”.

Sempre na área da educação, ela fez cursos, de instrutor, examinador, alguns cursos especializados, e atuou como coordenadora e professora nos cursos de formação, atualização e reciclagem. Além de ser uma das idealizadoras do Curso Um Novo Olhar, voltado ao atendimento individualizado e humanizado para alunos da reciclagem que não conseguiam ser aprovados.  Entre diversas outras ações, coordenou o Detranzinho. “Quanto mais eu aprendia, mais via a necessidade de compartilhar com as pessoas a importância de atitudes seguras no trânsito”.

Diretoria de Engenharia

Maria Moura, é uma mulher nordestina, nascida em Cumarú (PE). Ainda criança mudou-se com a família para Campo Grande, onde resume toda sua trajetória pessoal e profissional. A atual Diretora de Engenharia do Detran-MS, começou como estagiária, e continua no mesmo setor até hoje. Ela conta que a carreira se resume basicamente ao Detran.

“Quando entrei na equipe de engenharia do Detran-MS como estagiária, há 32 anos, eu era a única mulher da equipe. Então, realmente foi um desafio. O fato de eu estar hoje como diretora, liderar uma equipe de 12 pessoas, sendo três delas mulheres, é resultado de muito esforço enquanto servidora pública. Me sinto realizada, com a sensação de dever cumprido”.

Ela conta que a caminhada não foi fácil, mas que valeu a pena todo esforço. “Só eu sei o quanto lutei para fazer a minha faculdade, depois para passar no serviço publico. Na minha época era muito mais concorrido, passei primeiro para nível médio e depois para nível superior. Era uma vaga especifica mesmo para a área de engenharia, e só tinha 5 vagas e eu fiquei em 2°. Valeu a pena todo esforço e minha dedicação. Hoje eu colho os frutos de tudo que plantei lá atrás.  E isso é muito gratificante, da aquela sensação de dever cumprido”.

Diretora de Registro e Controle de Veículos

Priscila Rezende de Rezende, é natural do município de Rio Negro (MS). Esposa do Kleber e mãe do Pedro. Morou na fazenda até os 7 anos, e veio para a Capital para estudar. Se formou em Direito e passou no concurso do Detran em 2006. Sempre atuou no setor de veículos, e desde 2022 está no comando de uma das maiores diretorias do Detran, onde lidera uma equipe de 50 pessoas. Além do pulso firme para assuntos que envolvem o trabalho, Priscila é dona de uma fé inabalável.

“São 18 anos de Detran-MS, e não poderia deixar de mencionar Deus. Muitos foram os desafios e muitos continuam sendo, mas Deus sempre tem me dado vitórias. Tenho essa característica de estar sempre próxima das pessoas e de cuidar de cada uma como se fosse alguém da minha família”.

Entregas Sociais 

Outro exemplo que envolve histórias de mulheres fortes está nas entregas dos programas CNH MS Social e Voucher Transportador que teve mulheres entre as primeiras a concluir o processo e receber a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). 

Primeira habilitada pelo CNH MS Social

Em fevereiro do ano passado, a professora de educação especial, Kethelly Thais de Oliveira Magalhães, foi a primeira de 5 mil beneficiários, a ser habilitada pelo Programa CNH MS Social. Mãe de uma criança de 6 anos, ela relatou que a CNH era o primeiro passo para compra de uma moto que facilitaria bastante na rotina diária. “Foi bem difícil de tirar, a autoescola ajudou bastante, o instrutor também teve bastante paciência porque eu nunca peguei na moto. Eu tinha medo”.

Kethelly recebeu a CNH das mãos do governador, Eduardo Riedel, que na época mencionou que estava em elaboração um projeto para trabalhadores de categorias altas. “MS cresce cerca de 4% a 5% ao ano e tem demandado profissionais na área de transporte, condutor de veículos pesados”, declarou na oportunidade. Meses depois, promessa cumprida, e mais uma entrega que teve uma mulher entre os primeiros habilitados.

Mulher caminhoneira

Em dezembro de 2023, Daniele Batista Silva, esteve entre os três primeiros – ela e dois homens – a fazerem a mudança de categoria na CNH a partir do programa Voucher Transportador, do MS Qualifica. Depois de muitas adversidades enfrentadas, a menina que cresceu admirando a profissão do pai que era motorista de ônibus, iniciava o sonho de pegar a estrada dirigindo um caminhão. Saiu do evento, onde recebeu a nova CNH com quatro propostas de emprego. Dez dias depois, já estava fazendo o exame admissional na empresa Rodobello Transportes.

“Uma realização enorme, uma oportunidade que eu realmente não esperava, pela falta de experiência. Mas já que a oportunidade veio, vou fazer jus e vestir a camisa, procurar absorver todo o ensinamento. Neste início estou em treinamento, por ser um trabalho que necessita rodar esse mundão de meu Deus, é uma profissão de risco de acidente, até mesmo explosão por se tratar de transporte de produtos inflamáveis. É uma área que sempre almejei, então vamos lá com sabedoria, responsabilidade e foco”.

Daniele faz parte de um pequeno grupo de mulheres motoristas de veículos de carga pesada. Dados de janeiro apontavam que de 12,3 mil motoristas de categoria “E” no Estado, apenas 1,13% eram mulheres. Porém, o Voucher Transportador vai contribuir para melhorar esse cenário, considerando as 363 mulheres, transitando no Programa.

Inclusão

Outra mulher que marcou as entregas do Programa CNH MS Social, foi dona Eliane Amarilha Guimarães. Em julho do ano passado, se tornou a primeira mulher PCD habilitada pela iniciativa. Agora com 60 anos, ela contou que a habilitação era um sonho de consumo que só se realizou graças ao programa. “O programa me possibilitou isso, porque dinheiro hoje em dia tá difícil. Chegou numa boa hora eu só tenho que agradecer ao Detran e a toda equipe de profissionais que me ajudou nessa conquista. Você fica até meio neutralizada porque a emoção é muito grande né? Eu nunca desisti, sempre tive a força, a esperança e a coragem. Nunca desisti desse objetivo de conquistar a minha CNH”.

Com a história dessas seis mulheres, que tem em comum a força e determinação para conquista de seus sonhos,  o Detran parabeniza todas pelo Dia Internacional da Mulher.

 

Mireli Obando, Comunicação Detran-MS
Fotos: Rachid Waqued

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *