18 de abril de 2024

FAZER AQUI

Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Dia das Mulheres: SP celebra as conquistas sociais e o protagonismo feminino no campo

3 min read





Durante todo o mês de março, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento ressaltará a participação das mulheres no agronegócio



Mulheres ocupam cargos importantes em todos os setores

O Dia Internacional das Mulheres, comemorado no dia 08 de março, é uma oportunidade para reconhecer e celebrar as conquistas sociais, políticas, econômicas e culturais ao longo da história. Isso inclui marcos importantes, como o direito ao voto, direitos trabalhistas e o avanço da participação das mulheres em diferentes esferas da sociedade. E para celebrar a data, neste mês, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo ressaltará o papel das mulheres no agronegócio, por meio de matérias e postagens nas redes sociais.

Vale destacar que hoje, as mulheres ocupam cargos importantes em todos os setores e já são a maioria nas universidades, em torno de 25%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). E na Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo elas também se destacam.

Atualmente, a chefia de gabinete da SAA é liderada pela advogada Luciana Tucoser, além de oito mulheres presidindo as Câmaras Setoriais e Temáticas. Elas estão nas diretorias-gerais dos Institutos da Agência Paulista de Tecnologias dos Agronegócios (APTA), na direção do Instituto Biológico, do Instituto de Pesca e do Instituto de Tecnologia dos Alimentos (ITAL). Apenas na APTA são mais de 550 mulheres e na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, somam-se 217 profissionais.

Em 2021, a revista Forbes nomeou a diretora geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital-APTA), Eloísa Garcia, na lista das 100 mulheres mais poderosas do campo. Eloisa é pesquisadora na SAA há 38 anos e em 2019 assumiu a diretoria geral, sendo a primeira mulher a liderar o Instituto. Em 2023, a Forbes também destacou cientistas femininas ligadas à Secretaria, onde duas das 50 pesquisadoras do Instituto Agronômico (IAC-APTA), da SAA, estão na lista das 100 mulheres doutoras do agro. Leila Luci Dinardo-Miranda e Larissa Caixeta estão na reportagem feita pela publicação e divulgada em 15 de outubro, no Dia Internacional da Mulher Rural.

Mulheres como essas, que têm seu papel muito mais forte e presente na sociedade, são, muitas vezes, as principais fontes de sustento de seus lares e têm oportunidades de serem mais valorizadas por seus talentos e habilidades. Em um universo predominantemente masculino, as mulheres rurais contribuem no desenvolvimento da agricultura orgânica, na promoção da segurança alimentar e no fortalecimento socioeconômico regional.

Em atividades ligadas ao agronegócio brasileiro, a força feminina soma mais de 10 milhões, de acordo com um levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Segundo estudo da Agroligadas, entidade formada por mulheres profissionais do agronegócio, entre 400 mulheres entrevistadas, 95% delas priorizam a capacitação profissional para aumentar a produção em suas propriedades.

Ao celebrar as realizações das mulheres, as histórias de sucesso e as lideranças femininas, outras pessoas são incentivadas e conscientizadas para promover mudanças sociais e políticas que melhorem os desafios atuais que elas ainda enfrentam. O Dia da Mulher também é um momento de mobilização para promover mudanças positivas e pressionar políticas públicas que as beneficiem e promovam a igualdade de gênero.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *